SEGUE O ANDOR …

Quem opta pela vida pública não deve e nem pode reclamar de críticas relacionadas à uma tomada de posição. Se não quisesse ser criticado, deveria ficar isolado em casa ou em sua profissão escolhida na vida privada, sem precisar ser incomodado. Diziam os mais vividos – quem não pode com o pote, não pega na rodilha. Não adianta utilizar o ‘jus sperniandi’ que poderia expressar de maneira jocosa o ‘direito de espernear’.

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

SENADOR PROPÕE MUDANÇAS EM PLANOS PRIVADOS DE SAÚDE

Para barrar a incidência pontual de cancelamentos unilaterais, Jader Barbalho apresentou ao Congresso Nacional um projeto que altera a Lei nº 9.656, de 3 de junho de 1998, que dispõe sobre os planos e seguros privados de assistência à saúde. A proposta, segundo o senador, foi apresentada para vedar o cancelamento de contrato individual ou coletivo no qual o beneficiário, titular ou dependente, encontre-se internado ou em tratamento continuado ou não continuado.Fonte : DOL

Leia Mais »

A DIVISÃO DO ‘BOLO’

Infelizmente a sociedade brasileira da qual fazemos parte está acostumada a aumentos de impostos sem que haja qualquer reclamação. Um costume que vem atravessando anos ao lembrarmos a colonização do Brasil pela Coroa Portuguesa. Imposto é apenas notícia de jornais, discutido apenas por sorteados economistas, cada um defendendo, não a população, mas simplesmente suas ideias, como teses. O brasileiro aceita com parcimônia por não querer, ou por falta de conhecimento da maioria. O empresário por seu turno repassa este imposto para o consumidor e se conforma. Mesmo na época do governo da ditadura o ‘consagrado’ economista Delfim Netto, que foi considerado como criador de uma gestão chamada de “milagre econômico”, quando Ministro da Fazenda, iludiu o Brasil, com a estória, onde ele afirmava – “que o bolo (arrecadação) cresceria para

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

MELHORIAS NO MARAJÓ

O trecho de 25 quilômetros da PA-159, que liga o perímetro urbano de Breves à Vila Aprocotane, próxima ao Rio Tucano-Açu, na região do Marajó, foi entregue há cerca de um mês. Quem mora e trabalha no entorno reconhece que as intervenções garantiram melhorias significativas – e que terão continuidade, visto que há previsão para pavimentação de mais 70 quilômetros da via.A rodovia recebeu uma série de melhorias, incluindo serviços de terraplenagem, drenagem, obras de arte corrente, além de base e sub-base pavimentadas em CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente).A sinalização horizontal e vertical também foi implementada, contribuindo para dar mais segurança viária ao longo do trecho. As obras foram executadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Seinfra).Fonte : Notícias Marajó

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

OBRAS E SERVIÇOS EM SÃO CAETANO DE ODIVELAS

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), irá iniciar a construção de mais uma unidade de creche pelo programa “Creche por todo o Pará”, em São Caetano de Odivelas. A Ordem de Serviço (OS) será assinada pelo governador do Pará, Helder Barbalho. Após a assinatura, a obra terá início imediato na cidade. Por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), entrega ainda em São Caetano de Odivelas neste sábado (1º), às 18h, uma lancha 60 HP, avaliada em R$ 46 mil, para reforçar o policiamento fluvial, além de três motocicletas para ampliar o motopatrulhamento da Guarda Municipal. Completa agenda entregando a construção de um anfiteatro na Praça Juiz Claudio Henrique Rendeiro, na orla do município da Região de Integração

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

GOVERNO NÃO MUDA META DE INFLAÇÃO

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou que em nenhum momento o governo cogitou mudar a meta de inflação, e que a declaração sobre a meta “exigentíssima” foi um elogio ao trabalho conjunto da Fazenda e do Banco Central, “que resulta em crescimento com baixa inflação”.“Falei que a meta de inflação é exigentíssima para o histórico do Brasil, que poucas vezes conseguiu chegar a esse patamar, e que nós, não obstante isso, estamos convergindo para a meta”, disse, em entrevista ao jornalFonte : Valor Econômico

Leia Mais »

PUBLICIDADE

“Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma”

 
Joseph Pulitzer

“com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil com ela mesma”

Joseph Pulitzer

Do you have a question?
OUTRAS NOTÍCIAS
Desenvolvido Por Belém Sistemas (91) 98079-5456