Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

DEVOLUÇÃO DE PARTE DOS IMPOSTOS PAGOS

O Cashback previsto na reforma tributária deve beneficiar 73 milhões de pessoas, o equivalente a aproximadamente um terço da população brasileira, de acordo com a estimativa do Ministério da Fazenda. O mecanismo previsto na reforma tributária permite a devolução de parte dos impostos pagos pela população de baixa renda.De acordo com os técnicos da pasta, terão direito à devolução famílias que ganham até meio salário mínimo por pessoa, atualmente R$ 706, incluídas no Cadastro Único do governo federal (CadÚnico). O diretor da Secretaria de Reforma Tributária da Fazenda, Rodrigo Orair, informou que, nas cobranças em conta de luz, o desconto de até 50% dos tributos pagos deverá ser embutido. Para os demais bens, como os produtos de supermercado, a forma de realizar essa devolução ainda está em estudo. Existe a

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

VENEZA COBRANDO TAXAS PARA TURISMO

Veneza, renomada pelos canais pitorescos e icônicos passeios de gôndola, está enfrentando o desafio do turismo em massa com uma nova abordagem: a implementação de uma taxa de acesso de 5 euros para os visitantes que desejam explorar o centro histórico da cidade entre as 08h30 e as 16h30.A medida, que entrou em vigor recentemente, exige que os visitantes paguem a taxa de acesso, podendo fazê-lo online ou em cabines designadas. Ao invés de catracas nas entradas da cidade, fiscais farão verificações aleatórias para garantir a conformidade com as regulamentações. Aqueles que forem flagrados sem o pagamento correto enfrentarão multas que variam entre 50 e 300 euros.Para simplificar o processo, os turistas receberão um código QR nos dispositivos móveis como prova de pagamento da taxa, devendo mantê-lo consigo durante a

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

BANCO MUNDIAL PROJETA QUEDA EM MATÉRIAS-PRIMAS

Os preços das matérias-primas estão se estabilizando no mundo após uma descida acentuada, que foi decisiva para a redução da inflação global no ano passado. Isso torna mais difícil para os bancos centrais reduzirem rapidamente as taxas de juros, de acordo com as mais recentes estimativas para os mercados de matérias-primas do Banco Mundial. O relatório conclui também que uma escalada no conflito no Oriente Médio poderia interromper o recuo da inflação.Assumindo que não haverá mais agravamentos nas tensões geopolíticas, as previsões do Banco Mundial apontam para um declínio de 3% nos preços globais das matérias-primas em 2024 e de 4% em 2025.Esse ritmo contribuirá muito pouco para conter a inflação elevada na maioria dos países, aponta o relatório.Fonte : Diário de Notícias Brasil

Leia Mais »

UMA NOVA LIDERANÇA

Sendo bastante elogiada a postura e a desenvoltura do vice-prefeito de Bragança, Mário Júnior (PMDB). Tem demonstrado um grande grau de protagonismo em Brasília, entre ministros e parlamentares, sobre assuntos das necessidades do município, no nordeste paraense. Não só em assuntos técnicos, como também nas articulações políticas. Oportunidade para lembrar do barão do Itararé – Quem não muda de caminho é trem.

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

MAIS RECURSOS FINANCEIROS PARA A REINDUSTRIALIZAÇÃO

Apesar de ser responsável por financiar R$ 250 bilhões do pacote de R$ 300 bilhões voltados ao programa Nova Indústria Brasil, o presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Aloizio Mercadante, defendeu nesta 5ª feira (25.abr.2024) que o governo destine mais recursos para a reindustrialização do país. Segundo Mercadante, R$ 96,9 bilhões do aporte do BNDES já haviam sido usados até março. “O 1º trimestre do ano teve um crescimento de 68% nas consultas e de 92% nas aprovações. Passamos de R$ 100 bilhões dos R$ 250 bilhões que prometemos”, afirmou. Ele discursou na abertura do fórum “Financiamento à neoindustrialização: mobilizando o crédito para a inovação”, realizado pela ABDE (Associação Brasileira de Desenvolvimento) e pelo BNDES, no Rio.Fonte : Poder360

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

CONTEÚDOS NAS REDES SOCIAIS

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) avaliam que já há votos suficientes para responsabilizar as redes sociais sobre os conteúdos publicados em suas plataformas. A coluna conversou com cinco magistrados que afirmam serem favoráveis à responsabilização. Nos cálculos desses ministros, já há ao menos sete votos garantidos entre os 11 membros da corte nesse sentido.Fonte : O Globo

Leia Mais »

PUBLICIDADE

“Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma”

 
Joseph Pulitzer

“com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil com ela mesma”

Joseph Pulitzer

Do you have a question?
OUTRAS NOTÍCIAS
Desenvolvido Por Belém Sistemas (91) 98079-5456