IDEIA DE JERICO

Usaremos o termo ‘coisas da política’ mas sem querer de forma alguma copiar a ideia de nome de alguma coluna sobre assuntos de política. Na realidade apenas tentaremos relatar uma conversa sobre estratégias de campanhas eleitorais. Sinceramente, com tantos anos de idade, já vimos várias ao correr da vida. Fantástico ! Fenomenal ! o plano que escutamos recentemente em uma mesa de bar, embora com os participantes todos lúcidos, acreditem se quiserem. A novidade é ser candidato a vereador, vencer as eleições e logo em seguida renunciar ao mandato. Importante é que serve não somente para um, para mais de um. Com esta façanha e já combinado, que os suplentes estariam prontos para assumir ao cargo. Até agora ainda estamos sem entender esta artimanha. Não seria mais fácil, tentar eleger

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

MINISTRO DEMONSTRA PREOCUPAÇÃO COM O ‘NARCOESTADO’

O ministro Gilmar Mendes, decano do Supremo Tribunal Federal, fez um alerta nesta terça, 12, sobre os riscos do avanço e da ‘sofisticação’ do crime organizado no País. Ele postou em suas redes que ‘um país assume a condição de ‘Narcoestado’ quando o poder do tráfico tem domínio de suas instituições sociais e políticas’.Gilmar fez referência à uma entrevista que concedeu à GloboNews. “Mostrei que os sinais estão aí: facções invadindo os espaços da democracia e da religião, ambos sagrados para o Estado Democrático de Direito.”Na avaliação do ministro, ‘somente políticas públicas de segurança pensadas e executadas de modo coordenado poderão fazer frente ao grau de sofisticação demonstrado pelo crime organizado’.Ele sugere adoção de ‘políticas que se concentrem, por exemplo, na criação de instrumentos de combate ao imenso poder financeiro

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

FEMINICÍDIO COMPARADO A UMA ENDEMIA

Em entrevista dada a Globo News na manhã desta quarta-feira (13), a ministra do STF e TSE, Cármen Lúcia falou bastante sobre o assunto de violência contra a mulher.A ministra chegou a criticar as leis que segundo ela, são incompatíveis com a realidade que vive o Brasil. “O quadro é de atrocidades. É de desumanidade. E o direito se constrói com uma ideia de justiça que é incompatível com isso”, disse ela.Fonte : Jornal de Brasília

Leia Mais »
Uncategorized
Pero Vaz de Caminha

CONTENDA JUDICIAL ENTRE HERDEIROS

Em recuperação judicial, o grupo João Santos, que já foi o segundo maior fabricante de cimento do País, com a marca Nassau, vive mais um capítulo da disputa societária entre herdeiros.Agora, Fernando Santos, filho do fundador, entrou na Justiça com um recurso no qual pede a suspensão de todos os atos do inventariante, nomeado em 2022, e sua consequente destituição.Segundo Fernando Santos, o inventariante colocou no comando das empresas administradores de sua confiança pessoal, e o patrimônio do grupo, estimado em cerca de R$ 20 bilhões, está sendo alienado a preços irrisórios. Para seus advogados, a decisão coloca em risco a recuperação judicial e o interesse dos credores.A contenda vem de longe. Fernando Santos esteve à frente da companhia até 2022, quando foi destituído por outros cinco ramos da família.

Leia Mais »

O VERDADEIRO JORNALISMO

Somente as redes sociais permitem o exercício fundamental do jornalismo, a liberdade de expressão. Somente aqui pode existir a pureza clássica do jornalismo. Somente aqui pode ser exercida a opinião de um jornalista. Certa ou errada não julgo o mérito. Afinal de contas pode ser a verdade dele (a), mas existe a minha verdade e ainda existe a verdade. Aí encontramos o processo jornalístico dentro de um sistema democrático.Infelizmente, outros apenas alugam seu dom profissional através de salários, interpretando os mais diversos interesses de proprietários de empresas de comunicação. Todos bradam por NÃO à censura, no entanto tudo é censurado antes de qualquer publicação. Com certa experiência revelo meu sentimento sobre o assunto, porque já estive dos dois lados do balcão: fui repórter e também diretor. (Joercio Barbalho em uma

Leia Mais »

MOMENTOS DIFERENTES

A política como uma artimanha é um fato reconhecido. Basta observamos determinadas pessoas que em tempos normais, não fazem um gesto de cumprimento a ninguém. Passam ao largo, com o nariz bastante empinado ou semelhante à uma tromba de elefante. A diferença acontece em época de campanha eleitoral, em que na condição de candidatos sem votos, passam a cumprimentar todos os que por eles cruzam, inclusive com um sorriso falso e bastante largo. Como dizia um eleitor escolado – a moral de alguns é como elevador: sobe e desce.

Leia Mais »

PUBLICIDADE

“Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma”

 
Joseph Pulitzer

“com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil com ela mesma”

Joseph Pulitzer

Do you have a question?
OUTRAS NOTÍCIAS
Desenvolvido Por Belém Sistemas (91) 98079-5456